quinta-feira, 26 de maio de 2011

Erlkönig - Goethe + Notas

Der Erlkönig¹ - Goethe
Wer reitet so spät durch Nacht und Wind?
Es ist der Vater mit seinem Kind.
Er hat den Knaben wohl in dem Arm,
Er faßt ihn sicher, er hält ihn warm.

„Mein Sohn, was birgst du so bang dein Gesicht?"
„Siehst Vater, du den Erlkönig¹ nicht!
Den Erlenkönig¹ mit Kron'² und Schweif?"
„Mein Sohn, es ist ein Nebelstreif."

„Du liebes Kind, komm geh'² mit mir!
Gar schöne Spiele, spiel'² ich mit dir,
Manch'² bunte Blumen sind an dem Strand.
Meine Mutter hat manch'² gülden Gewand."

„Mein Vater, mein Vater, und hörest du nicht,
Was Erlenkönig¹ mir leise verspricht?"
„Sei ruhig, bleibe ruhig, mein Kind,
In dürren Blättern säuselt der Wind."

„Willst feiner Knabe du mit mir geh'n²?
Meine Töchter sollen dich warten schön,
Meine Töchter führen den nächtlichen Reihn³
Und wiegen und tanzen und singen dich ein."

„Mein Vater, mein Vater, und siehst du nicht
Dort Erlkönigs¹ Töchter am düsteren Ort?"
„Mein Sohn, mein Sohn, ich seh'es² genau:
Es scheinen die alten Weiden⁴ so grau."


„Ich lieb dich, mich reizt deine schöne Gestalt,
Und bist du nicht willig, so brauch'² ich Gewalt!"
„Mein Vater, mein Vater, jetzt faßt er mich an,
Erlkönig¹ hat mir ein Leids getan."

Dem Vater grauset's², er reitet geschwind,
Er hält in den Armen das ächzende Kind,
Erreicht den Hof mit Müh'⁵ und Not,
In seinen Armen das Kind war tot.

Notas:
¹ O nome Erlkönig não possui uma etimologia exata, composta de König (Rei, que também pode vir escrito Koenig) e Erl (não existe no alemão como palavra isolada). Erlkönig é um personagem mitológico maligno ligado à natureza. A tradução usual desse termo é Rei dos Elfos (ou Elfo-rei), mas o Erlkönig não se parece nem um pouco com a imagem que temos de elfo. Erlenkönig é o mesmo nome, porém com Erl no plural (Erlen).

Esse poema foi musicado por Schubert (além de pelo menos mais 20 compositores) e minha tradução é mais tradução da música que do original goethiano. É um poema incrível, de profundidade psicológica e polissemia quase insuperável. Falarei mais sobre ele e suas traduções qualquer dia.

² Elisões, em decorrência da métrica.

³ Passagem problemática. Reihn não existe mas é homófono de Rhein, embora não creio que seja Rhein que o texto deseja dizer. Reihn poderia também ser uma elisão de die Reihen, porém o artigo den é de acusativo singular masculino (o singular é Reihe, e é feminino). Isso há um dilema, pois, se Reihn é elisão de Reihen (feminino plural) por que a frase pede um acusativo masculino singular. A maioria das traduções em inglês omite essa passagem (ou repetem a idéia de dança ou canto), com excessão de A.Z.Foreman ([dance] in a ring), Walter Meyer (song fest) e Edgar Alfred Bowring (festival keep). Ao pesquisar um pouco, me deparei com der Reihentanz, e levando em consideração o tanzen do outro verso, faz todo o sentido.

⁴ die Weide pode significar tanto salgueiro como pasto, gramado etc... De acordo com o próprio texto, faz mais sentido que são velhos salgueiros.


⁵ Há versões onde aparece Mühe e outras onde aparecem Müh'. Optei pela que aparece na música de Schubert (Müh'). A principal diferença é que o 'e' é pronunciado como sílaba separada, causando uma diferença na metrificação.



O Erlkönig¹ - Goethe
Quem tarde cavalga em noite e vento?
É um velho pai e seu filho atento.²
Em braços fortes jaz escondida
A criança do frio, bem protegida.³

„Oh filho, que temor seus olhos veem?”
„Não vê pai, lá, que o Erlkönig vem,
O Erlenkönig, de cauda e cetro?”
„Filhinho, é só de névoa um metro.”

„Querido jovem, vens comigo!
Soberbos jogos jogarei contigo,
Há vivas⁴ flores, muitas, na margem.
Mamãe tem uma áurea roupagem”.


„Paizinho, paizinho, ouves no caminho⁵
Que o Erlkönig me promete baixinho?”
„Acalme-se filho meu, se acalma,
São folhas secas na eólia alma.⁶”

„Amável menino, venha a mim,⁷
Minhas filhas te esperam assim,
Elas te guiarão ao festejo noturno,
Em canto e dança, e embalo soturno.”


„Paizinho, paizinho, não estás vendo
Irmãs dele naquele lugar horrendo?”
„Consigo ver com clareza, filho:
De velhos salgueiros cinzas o brilho.”

„Eu te amo, me atrai tua aparência.
Se não queres vir, usarei a violência!”

„Paizinho, paizinho, agarrou-me agora
O Erlkönig quer me levar embora.”⁸

Horrorizado, o pai ágil cavalgou,
E firme ao braço o filho chorou,
Chega a seu campo a custo e fado,
Co’o filho inerte, por morto dado.⁹

Trad: Raphael Soares

¹ Mantive o nome Erlkönig (e sua variante Erlenkönig) devido à falta de equivalência, entretanto, se você preferir pode ler Elfo-rei (ou Rei dos Elfos para o Erlenkönig), já que possui a mesma estrutura sonora. Essa tradução é dedicada ao grande tradutor Ivo Barroso, já que as leituras que fiz no blog Gaveta do Ivo me encorajaram a continuar a "decifrar hieróglifos". É importante informar que a sonoridade é baseada na versão musical de Schubert. Mais sobre o poema e sua tradução no próximo post.

² Os adjetivos (velho e atento) desse verso são acréscimos, que não destoam do sentido original.

³ As ideias desses dois versos estão misturadas na tradução. A única mudança importante é que no texto alemão a voz é ativa (o pai segura) enquanto na tradução a voz é passiva (a criança está sendo segurada).

⁴ Bunte significa coloridas, sortidas. Optei por usar vivas flores tanto pela poeticidade do termo quanto pelo número de sílabas.

⁵ O menino pergunta "você não está ouvindo...?". Como o "não" (nicht) é retórico optei (em decorrência do metro) por deixar a pergunta como afirmativa.

⁶ Há aqui uma omissão (sussurram).

⁷ Originalmente é uma pergunta, mas devido a música de Schubert optei por eliminar a interrogação, mantendo contudo o sentido completo do verso.

⁸ Omissão (Leid = dor, sofrimento, machucado).

⁹ Em prosa chã: "Em seus braços o filho está morto"

Um comentário:

  1. Nossa! Buscando pela tradução desse magnífico lied de Schubert, inspirada no poema magistral de Goethe, encontrei esse espaço, cujo trabalho é impecável. Adorei, pois achei muito mais do que procurava. Com certeza, ao interpretar essa peça, estarei muito mais seguro e motivado. Parabéns, e obrigado!

    ResponderExcluir